Now Playing Tracks

Tornar-se Agentes de Salvação

Porque Deus, que disse: Das trevas resplandecerá a luz, Ele mesmo resplandeceu em nosso coração, para iluminação do conhecimento da glória de Deus, na face de Cristo. II Cor. 4:6

Os cristãos devem ser de fato os representantes de Jesus Cristo; eles não devem ser embusteiros. O mundo há de formar seus conceitos sobre Deus pelo procedimento daqueles que somente adotam o nome de Cristo, e não Suas obras? Hão de apontar para os que afirmam ser crentes, mas não crêem de coração, traem sagrados encargos e fazem as obras do inimigo, e dizer: “Oh! Estes são cristãos, e no entanto enganam e mentem, e não se pode confiar neles”? Tais não são os que verdadeiramente representam a Deus.

Deus não deixará, porém, que o mundo seja enganado. O Senhor tem na Terra um povo peculiar, e não Se envergonha de lhes chamar irmãos; pois fazem as obras de Cristo. Eles manifestam que amam a Deus, porque guardam os Seus mandamentos. Têm a semelhança divina. São um espetáculo ao mundo, aos anjos e aos homens. Cooperam com os seres celestiais, e o Senhor é muito honrado e glorificado pelos que fazem o máximo possível de boas obras.

A verdadeira piedade de coração se evidencia por boas palavras e boas obras, e os homens vêem as obras daqueles que amam a Deus, sendo desse modo levados a glorificá-Lo. O verdadeiro cristão é rico em boas obras; ele produz muito fruto. Alimenta os famintos, veste os nus, visita os doentes e ministra aos aflitos. Os cristãos têm sincero interesse nas crianças ao seu redor, as quais, devido às sutis tentações do inimigo, estão prestes a perecer. … Por toda parte ao nosso redor há jovens para com quem os membros da igreja têm obrigações; pois Cristo morreu por eles na cruz do Calvário, para poder adquirir-lhes a dádiva da salvação. Eles são preciosos à vista de Deus, e Ele lhes deseja eterna felicidade.<p< strong=”“>

A obra salvadora de Cristo só é completa quando os membros da igreja fazem sua parte, levantando-se e resplandecendo, porque vem a sua luz e a glória do Senhor nasce sobre eles. Cristo solicita cooperação voluntária da parte de Seus agentes, para trabalharem diligente e coerentemente pela salvação de almas. Review and Herald, 29 de janeiro de 1895

(Fonte: ellenwhitebooks.com)

Ser Instrumentos de Deus

Ser Instrumentos de Deus

Quem é Apolo? E quem é Paulo? Servos por meio de quem crestes, e isto conforme o Senhor concedeu a cada um. I Cor. 3:5

Os servos de Deus não possuem todos os mesmos dons, mas todos eles são Seus obreiros. Cada um deve aprender do grande Mestre, e então comunicar o que aprendeu. Nem todos fazem o mesmo trabalho, mas sob a santificadora influência do Espírito Santo, todos eles são instrumentos de Deus. Ele emprega uma diversidade de dons em Sua obra de conquistar almas do exército de Satanás.

"Ora, o que planta e o que rega são um; e cada um receberá o seu galardão, segundo o seu próprio trabalho." I Cor. 3:8. Deus, e não o homem, é o juiz do trabalho das pessoas, e Ele dará a cada um sua justa recompensa. A nenhum ser humano compete julgar entre os diversos servos de Deus. Somente o Senhor é o juiz e galardoador de toda boa obra.

"O que planta e o que rega são um", empenhados na mesma obra - a salvação de almas. "Porque de Deus somos cooperadores; lavoura de Deus, edifício de Deus sois vós." I Cor. 3:9. Nesta passagem, a igreja é comparada a um campo cultivado, em que os lavradores devem trabalhar, cuidando das videiras da plantação do Senhor; e a um edifício, o qual deverá tornar-se um santo templo para o Senhor. Cristo é o Obreiro-Mestre. Todos devem trabalhar sob a Sua supervisão, permitindo-Lhe agir em favor de Seus obreiros, e por intermédio deles. Ele lhes dá tato e habilidade, e se aceitarem Suas instruções, coroa-lhes os esforços com sucesso.

Ninguém deve queixar-se de Deus, o qual designou um trabalho para cada pessoa. Quem murmura e se irrita, quem quer fazer sua própria vontade, quem deseja moldar seus companheiros de trabalho para que se ajustem a suas próprias idéias, necessita do toque divino antes que esteja em condições de trabalhar em qualquer setor. A menos que seja transformado, certamente prejudicará a obra.

Lembrai-vos de que somos cooperadores de Deus. Deus é o agente todo-poderoso e eficaz. Seus servos são instrumentos Seus. Review and Herald, 11 de dezembro de 1900

(Fonte: ellenwhitebooks.com)

We make Tumblr themes